sábado, 9 de agosto de 2008

ainda o caso Açores!


o secretário regional da Presidência dos Açores
O dirigente do PS/Açores Vasco Cordeiro considerou ontem que a comunicação do Presidente da República sobre o novo Estatuto Político-Administrativo da região autónoma contribuiu para adensar a desconfiança e suspeição em relação aos Açores.
Para o dirigente socialista açoriano, que desempenha também funções de secretário regional da Presidência, no plano do entendimento que a sociedade portuguesa tem do mérito, utilidade e potencial das autonomias regionais, “este não foi particularmente um momento feliz”.
Segundo refere, o “dramatismo e a tensão colocados neste assunto” pela Presidência da República são um “exemplo perfeito de um mau serviço prestado à causa da unidade nacional”.

mas,

Ramalho Eanes concorda com comunicação de Cavaco ao país
Ramalho Eanes afirma que quando o Parlamento é o centro de uma questão, o Presidente deve falar aos portugueses, porque é o «povo quem elege o Presidente». O antigo Presidente concorda com a comunicação de Cavaco Silva ao país no dia 31 de Julho Sol Sábado, 9 Agosto 2008


... e o venerando ex-presidente discorda

Mário Soares criticou asperamente a intervenção de Cavaco a respeito dos Açores. Mas a sua primeira alocução ao país como PR foi exactamente... sobre os Açores. E durou o mesmo tempo: cinco minutos. E foi, também, dramatizada.
Em Setembro de 1986, seis meses após tomar posse como Presidente da República, Mário Soares considerou que o Estatuto dos Açores e a ‘guerra’ das bandeiras e dos hinos (reginais e nacionais) era suficientemente importante para justificar a sua primeira comunicação ao país. Hoje, pelos vistos, pensa de forma diferente. Ainda por cima, da própria declaração de Soares, na altura, resultam evidentes mais semelhanças entre o que se passou na altura e o que se passou agora. Sol Sábado, 9 Agosto 2008

importantes ?


Diário de Notícias
Portugal baixa combustíveis mais devagar que na Europa
Salazar em filme
Negociação do sequestro feita por telefone
Sócrates e Cavaco acordaram não ir a Pequim
Público
Orgulho made in China
Assalto a banco em Lisboa termina com reféns libertados e morte de um assalta...
Contribuintes têm de comprovar despesas ao fisco
Queixas contra as clinicas por causa dos preços
Correio da Manhã
Três tiros acabam com o drama
24 Horas
Polícia abate sequestradores e liberta reféns
Jornal de Notícias
Tropa de Elite
Pai encontra filho de 15 anos morto em frente ao computador
Arrancam hoje os Jogos Olímpicos mais polémicos de sempre
Preços de uma centena de medicamentos aumentou 30%
Diário Económico
Accionistas da Galp e Repsol discutem acordo
Crise faz um ano sem fim à vista
Jornal de Negócios
Portugal vai guardar petróleo em Espanha
Queda dos lucros das cotadas retira 180 milhões ao Fisco
Galp dispara em Bolsa com bons resultados
PÚBLICO
O défice comercial português agravou-se entre os meses de Março e Maio, para 5,77 mil milhões de euros, com as importações a crescerem 8,2 por cento, contra um aumento de 2,1 por cento das exportações.

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

uma operação limpa...



CM 08 Agosto 2008 - 00h30
Quando se dirigiram para a porta do banco com os reféns como escudo humano, pelas 22h55, os assaltantes assinaram a sentença de morte. Era uma questão de tempo até à intervenção do Grupo de Operações Especiais (GOE) da PSP. O drama ainda se prolongou por uns longos 38 minutos. A gerente da agência bancária e o funcionário tremeram com as armas dos assaltantes apontadas à cabeça. Três tiros puseram fim ao pesadelo.
Um atirador especial, colocado do outro lado da rua e armado com uma carabina equipada com uma mira para ver à noite, tinha ordens para atirar a matar assim que tivesse uma linha de tiro sem colocar em risco a vida dos reféns. Dispara. Um dos sequestradores, atingido na cabeça, cai ferido de morte. A refém que ele segurava, gerente da agência, foge. Um segundo tiro atinge o outro raptor na cara e suja de sangue o funcionário da agência bancária que ele prendia pelo pescoço. Os operacionais do GOE precipitam-se para dentro do banco. O segundo assaltante é ainda atingido por mais um tiro – no tórax. À hora de fecho desta edição continuava entre a vida e a morte no Hospital de São José.
Os dois assaltantes brasileiros entraram no BES da rua Marquês de Fronteira pouco antes das 15h00 para roubar o conteúdo do cofre de abertura retardada. Seis pessoas foram manietadas com abraçadeiras de plástico. Nos momento seguintes foram libertados dois homens e uma mulher. Pouco depois os ladrões soltaram uma refém com sintomas de ataque de ansiedade.
A PSP recebeu o alerta pelas 15h05. Às 16h30, uma equipa de negociadores fala com os assaltantes por telefone. Às 21h00 foi pedida água e comida, que não foi recolhida. Por volta das 22h50 apareceram à porta, apontando armas à cabeça dos reféns. Sem mais opções, o GOE optou pela força.
ps: até o ministro está de parabéns!

08.08.2008 - 15h37 PÚBLICO
...
Numa conferência de imprensa realizada esta tarde, o director nacional da PSP, Francisco Oliveira Pereira, adiantou que os dois homens,"com idades entre 25 e 35 anos", estavam em situação ilegal no país e que o assalto que tentaram realizar à dependência bancária terá sido planeado, já que os reféns foram imobilizados com o recurso a algemas de plástico. Ainda de acordo com Oliveira Pereira, as armas utilizadas pelos dois homens “são provavelmente ilegais”.
A identidade e nacionalidade dos dois homens não foi revelada, depois de informações avançadas nas primeiras horas após o assalto indicarem que se tratavam de cidadãos brasileiros, o que não foi confirmado oficialmente. “A polícia não estigmatiza nem pela cor da pele nem pela sua nacionalidade. A única coisa que dizemos é que são cidadãos estrangeiros. Recusamo-nos a confirmar se são brasileiros ou italianos”, respondeu o director nacional da PSP aos jornalistas.

...no inicio era Bokassa, mas tudo muda!

por isso deu o dito, pelo não dito! Politica, claro!

video

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

interessantes na Imprensa em Imprensa 07-08-2008

Diário de Notícias
Metade dos testes à próstata indica falsos cancros
Mugabe cede o poder à oposição se lhe for garantida amnistia
Ângelo Correia arrasa Ferreira Leite por faltar à festa do Pontal
Procuradora alerta que pequena criminalidade atrasa inquéritos
Público
Euribor ao valor mais alto dos últimos 7,5 anos
Ferreira Leite não vai à festa do PSD no Pontal
Portagens - Entrar em Lisboa sozinho de carro vai sair mais caro
Correio da Manhã
Lanchas da droga feitas no norte
Maioria dos tribunais sem policiamento
Fisco sem funcionários para fazer cobranças
Jornal de Notícias
Manual vai ensinar a adoptar crianças
Comandante da PSP do Porto critica estado das esquadras
Direitos Humanos - Criticas de Bush e protestos pró-Tibete
Diário Económico
Galp não ganhou com a subida do petróleo
Caixa poderá diminuir na Zon e sair do BCP
Privatização da Ana - Concurso vai avançar no primeiro semestre de 2009
Jornal de Negócios
Bancos sobem juros no crédito mais depressa que nos depósitos
Marcas infiltram-se em blogues para fazerem publicidade encapotada
Líder da Galp não tem sinais de que ENI queira vender a até assume projectos...

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

interessantes na Imprensa em 06-08-2008

Diário de Notícias
Marinha obrigada a aceitar mulheres nos fuzileiros
Ruanda acusa militares franceses de ter participado no genocídio de 1994
Só 1600 crianças em condições de ser adoptadas
Público
Rendas agrícolas serão livres para evitar abandono dos campos
Desempregados ficam sem subsídio por falha
Correio da Manhã
Asmático morre à espera do INEM
GNR ataca droga na Zambujeira
Olímpicos portugueses "protegidos" pelos israelitas
Jornal de Notícias
Sócrates quis pagar multa mas ninguém lha cobrou
Governo rejeita em absoluto concessão do Aeroporto do Porto a privados
Diário Económico
Empresários sem medo das eleições de Angola
Petróleo vai voltar a subir depois do Verão
Saída da ENI marca encontro da administração da Galp
Jornal de Negócios
Caixa prepara aquisição de instituição financeira em Espanha
Finalmente a "bolha rebentou" - Petróleo e bens agrícolas caem...

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

para mais tarde recordar...


Segunda-feira, 11 de Julho de 2005
Portaria dos ministérios da Saúde e da Economia
Preço dos medicamentos poderá cair a pique até final do ano
O Governo prepara-se para fazer cair a pique o preço dos medicamentos até ao final do ano.
Além da anunciada redução de seis por cento já a partir de Agosto, quer fazer com que todos os medicamentos vendidos no país tenham um custo inferior ao praticado em Espanha, Itália e França.
Investigador diz que corporativismo impede mudanças na comparticipação de medicamentos. Publico
três anos depois...
Segunda-Feira 4 de Agosto de 2008
descida no preço
Na sequência do anúncio da descida em 30 por cento no preço dos genéricos em 30 por cento, o presidente da Associação Nacional de Farmácias, João Cordeiro, referiu ao jornal Público a diminuição da comparticipação nos fármacos de referência, o que aumentaria a factura para os utentes.
À Lusa, fonte do ministério de Ana Jorge adiantou que se «houver subidas nos preços dos medicamentos de marca, o Governo tomará todas as medidas necessárias para que não seja o cidadão a pagar mais».
Lusa/SOL

poderiam ser boas noticias

crude desceu abaixo dos 120 dólares
O petróleo desceu abaixo dos 120 dólares por barril na bolsa de Nova Iorque e Londres, atingindo um mínimo desde 6 de Maio. A queda deve-se às previsões que indicam que a tempestade tropical Edouard não vai afectar as plataformas petrolíferas do Golfo do México.jornal de negócios 040808


Euro recupera
A moeda europeia está a recuperar do valor mais baixo do último mês face ao dólar devido às previsões que indicam que as perdas relacionadas com a crise financeira vão continuar a aumentar nos Estados Unidos. O euro ganha 0,34% para os 1,5617 dólares. Na passada sexta-feira, a moeda europeia tocou nos 1,5564 dólares, o nível mais baixo desde 24 de Junho.
Hoje foi ainda conhecido que a taxa de inflação nos Estados Unidos avançou 0,8%, o maior crescimento desde 1981, e que a despesa dos consumidores cresceu 0,6%, de acordo com os dados do Departamento do Comércio norte-americano. A Reserva Federal dos Estados Unidos vai reunir amanhã e as previsões indicam que a taxa de juro de referência do país não vai ser alterada. Actualmente, a taxa de juro está nos 2%.

sábado, 2 de agosto de 2008

resumo de noticias


Diário de Notícias
Juros para a compra de casa no nível mais alto de sempre
Cavaco Silva - Mensagem contra perda de poder político do Presidente irrita PS
Karadzic diz que EUA o protegeram
Público
Angolanos e Amorim com a porta aberta para controlar a Galp
Polémica - PS já disse que vão vai acatar recomendações de Cavaco
Sonda Phoenix encontra água em Marte
Karadzic diz que teve imunidade dada pelos EUA
Correio da Manhã
Cavaco faz ultimato por causa dos Açores
24 Horas
Mário Soares anda na praia com segurança
Jornal de Notícias
Sócrates evita guerra entre socialistas e Cavaco
Anulado concurso de quadras que criticava Fátima Felgueiras
Diário Económico
Estado e italianos preparam saída da Galp
Jornal de Negócios
Estatuto dos Açores limitava poderes de Cavaco
Sonae e Soares da Costa querem aeroporto Sá Carneiro por mil milhões
Saída da ENI abre portas a novos accionistas na Galp
EDP prepara-se para ter este ano o lucro português mais alto de sempre

neste dia em 2006...


.