domingo, 29 de junho de 2008

o ministro +TV, chegou e disse:


O ministro mostrou-se, este domingo, surpreendido com declarações da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia que está a ser pressionada pelos agentes para endurecer a luta por melhores condições de trabalho e, movendo a cabeça de baixo para cima e da esquerda á extrema-esquerda, disse:
«Nas reuniões que a Direcção Nacional da PSP, o Comando Geral da GNR, o secretário de Estado da Administração Interna e eu próprio temos mantido» com o sector, «garanto que nunca foi dito que as associações têm intenção de apelar a um não cumprimento das funções no âmbito da actividade fiscalizadora das forças de segurança» e «nunca foi dito» que as associações «pretendem endurecer as formas de luta», mas, «pelo contrário, tem havido um clima de diálogo muito franco e frutuoso».


Claro que o ministro vai á TV...não vê TV
Rui Pereira ministro já foi responsável pelo SIS, organização vocacionada para, antes de toda a gente, ver os perigos que ameaçam a segurança da República Portuguesa. Mas Rui Pereira, o ministro, não foi capaz de ver a ameaça a pairar um domingo sobre uma esquadra em Moscavide, nem aquelas outras que a Associação e os Policias referem... em clima de diálogo muito franco e frutuoso.

Rui Pereira não vê, nem ouve, nem está... a não ser que lá estejam as camaras da TV!

terça-feira, 24 de junho de 2008

sábado, 21 de junho de 2008

área ardida mais do que duplicou...


Depois de Brasília
A área ardida em Portugal nos primeiros cinco meses deste ano mais do que duplicou relativamente ao mesmo período do ano passado, segundo dados provisórios da Direcção-Geral dos Recursos Florestais.

Antes de Brasilia
O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, defendeu hoje que o país dispõe este ano do maior número de sempre de meios de combate aos incêndios e lembrou que a luta contra os fogos florestais “dura todo o ano”. in metronews em 27 de Abril de 2008

Robin dos Bosques

O Governo italiano já aprovou a aplicação do imposto especial sobre as petrolíferas para financiar programas de assistência social a famílias afectadas pelo aumento dos preços dos combustíveis e dos bens alimentares.

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, disse, na quinta-feira, que Bruxelas não se opõe a que os Estados-membros adoptem a taxa Robin dos Bosques, sublinhando ser uma competência nacional.

Falando no final da reunião de presidentes dos parlamentos nacionais, na Assembleia da República, José Sócrates, reiterou que o Governo português «está a estudar» a hipótese de introdução desse imposto.
«Terão em breve notícias. Antes de se introduzir uma solução fiscal inovadora é preciso estudar», comentou.
...as noticias chegaram: A Galp aumentou os preços!!!

Em Bruxelas, na sexta-feira, no final do Conselho Europeu, o primeiro-ministro referiu que a introdução da chamada taxa Robin dos Bosques «compete a cada um dos Estados-membros».
«Essas matérias são difíceis, [porque] é difícil identificar qual a parcela dos lucros das empresas que derivam e resultam do aumento inesperado, brusco dos preços do petróleo», sustentou.
Lusa/SOL 21Jun08

Atacado un oleoducto en Nigeria
Se trata de la segunda acción en menos de 24 horas contra una instalación petrolera situada en el Delta del Níger. El Pais Sábado,21 de junio de 2008 - 22:34 h
... aproveitem para mais uma subida de preços!

El Santander prevé ganar más de 10.000 millones de euros este año
¿Crisis? ¿Qué crisis? Es lo que han debido pensar los accionistas del Banco Santander al escuchar al presidente de la entidad, Emilio Botín, anunciar esta mañana que prevé un beneficio este año superior a los 10.000 millones de euros, frente a los 9.060 millones de 2007.
Un año más, en la Junta General de Accionistas de la entidad, Botín aprovechó su discurso para ofrecer una previsión de beneficio a cierre del ejercicio. El banco no cambia sus números realizados en septiembre de 2007, pese a la crisis financiera y económica, y sigue creyendo que el beneficio por acción subirá un 15%.
El Mundo sábado 21/06/2008 11:28

La ralentización de EEUU es menos fuerte de lo previsto
WASHINGTON.- Tras meses de malas perspectivas, parecen llegar buenas noticias para la economía de EEUU, a fin de cuentas la que marca las pautas que siguen el resto de países.
El Fondo Monetario Internacional cree que la ralentización de la economía de EEUU es menos fuerte de lo previsto, por lo que ha revisado ligeramente al alza sus previsiones de crecimiento para este año y el próximo. Además, no ha usado la palabra recesión en su informe, como sí hizo en abril.
"La desaceleración de la actividad en Estados Unidos ha sido menor de lo que se temía y la recuperación debería comenzar el próximo año, ya que se han superado muchos vientos en contra", dijo.
El Mundo viernes 20/06/2008 18:37

Confrontos em Oeiras obrigam à intervenção da PSP

Em declarações à Lusa, fonte da PSP indicou que um "pequeno conflito" registado cerca das 17h30 na praia, que se encontra repleta de banhistas, levou os agentes que faziam o policiamento no local a pedir reforços, estando a situação já resolvida.
Na praia de Santo Amaro de Oeiras encontra-se ainda uma equipa da brigada de intervenção rápida, mas "apenas por precaução". Afirmando não ter registo de feridos, nem de pessoas detidas, a mesma fonte da PSP recusou, para já, adiantar quaisquer pormenores relativamente a este caso.

Chegou a Silly Season


Autonomia dos media ressente-se no Verão
Apesar de os aspectos corporativos levarem os actores a recusarem-se a admiti-lo, os meios de comunicação social são cada vez mais, alvo de críticas por parte de alguma população mais exigente.
Com a entrada do Estio “Os jornalistas parecem destituídos de vontade própria e alguns deslocam-se aos sítios de férias das fontes” para obterem a noticia, refere o Prof. João Figueira da FLUC em “a Cabra” e questiona “Quem faz as notícias: os jornalistas ou as fontes?”.


Agora que chega o Verão a CS, sem as costumadas fontes, aproxima-se perigosamente dos tablóides ingleses...
É a Silly Season onde qualquer acontecimento que noutras ocasiões teria uma pequena dimensão, irá ganhar uma importância absolutamente exorbitante.


Hoje descobrimos “o combate de grupos na Praia de Sto. Amaro de Oeiras”. Algo idêntico ao “arrastão de Carcavelos no 10 de Junho de 2005 “ prontamente desmentido pelas Autoridades...
Será que este também foi uma criação livre de um estagiário em Silly Season?

quarta-feira, 18 de junho de 2008

importantes ...


Vale tem vida de luxo
João Vale e Azevedo tem motorista de luvas brancas e fardado a rigor para o seu Bentley. Deixa o guarda-costas de vigia no bengaleiro e "senta-se à mesa dos melhores e dos mais caros restaurantes de Londres". Foi este o cenário em que o ex-presidente do Benfica se apresentou "há pouco tempo a um empresário português", dias antes de a Justiça portuguesa o declarar fugitivo. Quem o garante ao CM é Pedro Dantas da Cunha, burlado por Vale e Azevedo em 7,5 milhões de euros.
Portugueses recorrem às poupanças
A crise económica está a obrigar cada vez mais os portugueses a recorrer às poupanças para fazer face ao aumento do custo de vida. E os certificados de aforro, principal produto de poupança em Portugal, são um exemplo paradigmático dessa realidade: em apenas quatro meses deste ano, de Fevereiro a Maio, os resgates de certificados de aforro totalizaram um saldo negativo de 519 milhões de euros, verba que corresponde a metade do custo de construção da terceira ponte sobre o Tejo, em Lisboa.
Pensões militares em risco
O Fundo de Pensões dos Militares das Forças Armadas (FPMFA) ficou sem dinheiro para pagar os complementos de reforma dos militares em Junho. Para ultrapassar esta ruptura financeira, o ministro da Defesa já pediu ao Ministério das Finanças um adiantamento de 10 milhões de euros, verba que foi garantida com um terreno militar no Barreiro.
Ladrão electrocutado
Um homem ficou em estado grave depois de ser electrocutado quando furtava cobre do posto de transformação (PT) do antigo edifício da Segurança Social, ontem, em Faro. O assaltante, com cerca de 30 anos, ficou 'agarrado' ao PT e as roupas pegaram fogo, deixando-lhe 40% do corpo com queimaduras.
Buscas na fábrica de Joe Berardo
A'Operação Furacão' já chegou aos Açores. A Fábrica de Tabaco Estrela, em Ponta Delgada, detida pela Empresa Madeirense de Tabaco dos empresários Joe Berardo e Horácio Roque, foi alvo de buscas dos inspectores da PJ e do Ministério Público na segunda-feira, segundo confirmou ontem o administrador daquela unidade fabril, Costa Martins.
Proposta da ERSE é de "mau senso"
O ministro da Economia, Manuel Pinho, admitiu ontem no Parlamento ter reticências em relação à proposta da Entidade Reguladora do Sector Energético (ERSE), que prevê a transferência para os consumidores do pagamento das facturas incobráveis da EDP.

importantes ...


do Publico 180608
Portugal actuará “dentro das possibilidades”
O ministro de Estado e das Finanças, Teixeira dos Santos, garantiu hoje que o Governo vai acompanhar a discussão sobre as medidas contra a subida dos combustíveis ao nível da União Europeia. "Vamos acompanhar as iniciativas que venham a ser seguidas a nível europeu e dentro das nossas possibilidades, estaremos disponíveis para apoiar os sectores que sejam mais afectados pelo aumento dos combustíveis", afirmou.
Somos os campeões da iniciativa...

da TSF 180608
Parlamento britânico ratifica Tratado de Lisboa
Depois dos Comuns, a Câmara dos Lordes aprovou esta tarde o novo tratado europeu, depois de a maioria ter rejeitado (por 277 votos contra 184) uma iniciativa da oposição conservadora para suspender a ratificação em consequência da vitória do “não” na Irlanda – resultado que os opositores do documento consideram ter posto um fim ao processo em curso nos 27.
... Irlanda cada vez mais isolada!

Governo justifica aumento de preço de medicamentos com necessidade de os manter no mercado
...quem é que ainda se lembra que a promessa era baixar o preço?

O ministro da Agricultura garantiu que vai resolver o problema dos funcionários do Ministério em regime de mobilidade e aconselhou-os a apostarem na formação e a concorrem a concursos públicos que a tutela vai abrir no final do ano.

O Secretário de Estado da Administração Interna considerou que a nova legislação que facilita o repatriamento de imigrantes ilegais, aprovada esta quarta-feira pelo Parlamento Europeu, põe fim a uma situação que envergonhava a União Europeia.
...
A directiva aprovada prevê que o imigrante possa estar detido até a um máximo de 18 meses, período superior ao previsto em dois terços dos países da UE, impede-o de voltar ao espaço europeu durante cinco anos após a expulsão e não implica o impedimento do repatriamento de crianças.

Para os mais esquecidos o Sec. é aquele rapaz de barba á Lenine que veio do PC

Grupo Amorim alvo de buscas ...
O ministro das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos, disse hoje que vê com agrado que a Operação Furacão esteja a avançar, após a imprensa ter noticiado que o Grupo Amorim foi alvo de buscas no âmbito desta investigação
As buscas aos escritórios do grupo Amorim seguem-se às que foram realizadas recentemente a empresas de Joe Berardo e Horácio Roque.
Até ao momento, além das empresas dos dois investidores madeirenses, surgiram ligadas à Operação Furacão as construtoras Mota Engil e Soares da Costa, a Porto Editora e a Texto Editora, além dos bancos em que começou a investigação, no final de 2005 (BES, BCP, BPN e Finibanco).
O processo é um dos maiores até hoje em Portugal e envolve no rol de suspeitos 200 sociedades, 20 empresários e alguns advogados, todos já constituídos arguidos.

segunda-feira, 16 de junho de 2008

importante para "vários"...


TSF 160608
PGR não se pode substituir ao Parlamento, diz CDS-PP
O CDS-PP diz que «não se demite das suas propostas nem dos seus deveres», considerando que a PGR não de pode substituir à Assembleia da República em matéria legislativa.
É a posição dos populares depois de o Ministério da Justiça ter divulgado esta segunda-feira que em Maio solicitou a Pinto Monteiro um projecto de diploma com soluções que impeçam a adopção de crianças por parte de pedófilos.
A notícia foi divulgada esta segunda feira pela manhã, horas antes de o CDS-PP, apresentar em conferência de imprensa um projecto-lei sobre essa matéria. Uma proposta que por maioria de razão s populares entendem que deve ter o apoio do PS.

Camionistas, reboques e táxis, nas cedências de um governo que, dia a dia, mais nos sobrecarrega!
As associações que representam os taxistas saíram, esta segunda-feira, satisfeitas da primeira reunião com a Secretária de Estado dos Transportes, onde apresentaram várias propostas de incentivos para o sector. Se não ficarem satisfeitos com as negociações, os taxistas vão avançar com uma greve.

Diário de Noticias
Este jogo, e o resultado, por muito que se queira relativizar, vem mexer nas condições em que Portugal estava a disputar o Europeu. Até ao momento, havia razões para alguma confiança. Agora voltam a aparecer as dúvidas

Correio da Manhã
Excepção para ministro
O ministro das Finanças congelou o plano de renovação global da frota automóvel do Ministério da Defesa, mas autorizou a substituição dos actuais carros de serviço do ministro da Defesa, Severiano Teixeira, e do secretário de Estado da Defesa, João Mira Gomes. As novas viaturas, de marca Mercedes, vão substituir o Mercedes 220 do ministro e o BMW 520 do secretário de Estado e custam quase 140 mil euros.
...pouco mais que a média diária dos “nossos” futebolistas!

67 É o número de carros de serviço existentes no Ministério da Defesa. A idade média dos carros é de 15 anos.
38 É o número de veículos novos que estão previstos adquirir para o Ministério da Defesa e serviços sob a sua tutela directa.
A aquisição das viaturas para o Ministério da Defesa, EMGFA e ramos é gerida pela Central de Compras. E é financiada com verbas dos orçamentos próprios e da Lei de Programação Militar (LPM).


El Periódico de Catalunya
Las asociaciones Fenadismer, Antid y Confedetrans han anunciado la suspensión temporal del paro convocado en el transporte de mercancías por carreteras, que comenzó con carácter indefinido el pasado 9 de junio.
En un comunicado firmado por las tres organizaciones, afirman: "Mantenemos nuestra voluntad de diálogo para buscar soluciones en el sector", y añaden que están dispuestos a llevar a cabo otras actuaciones, que serán anunciadas en los próximos días.
No obstante, las tres sociedades de transportistas han acusado al Gobierno de actuar de forma "irresponsable", al pretender "cerrar en falso" la crisis que atraviesa el sector.


Le Figaro
Les transporteurs, qui exigent toujours des mesures contre la hausse du gazole, envisagent de mener de nouvelles opérations escargot la semaine prochaine.
«Une mobilisation importante, à la hauteur de la crise traversée». Voilà le bilan que tire lundi la Fédération nationale des transports routiers (FNTR) de la journée nationale d'action des routiers, ambulanciers et taxis. «Plus de 3.000 camions» ont participé aux opérations escargot contre le gazole cher, estime la plus grande fédération du secteur.
La FNTR, qui attend maintenant une réaction du gouvernement, décidera dans les prochains jours des suites à donner au mouvement. «S'il y a reconduction, ce sera la semaine prochaine et annoncé ce mardi ou mercredi», a précisé Nicolas Paulissen, l'un des porte-parole. La FNTR va d'abord prendre contact avec les autres fédérations de transporteurs qui ont participé à la mobilisation (TLF, La Fédération des entreprises de transport et logistique de France et Unostra qui représente les PME du transport routier).
Le mouvement, qui a essentiellement pris la forme d'opérations escargot, a affecté en particulier les grandes métropoles régionales, mais aussi des villes moyennes. Il s'est déroulé sans incident, a souligné la FNTR. Dans un certain nombre de cas, les actions ont été unitaires avec TLF et l'Unostra.
O PM não existe
Luís Delgado
A semana que passou foi trágica para o PM, e marca o princípio do fim da maioria, que se já não agradava à esquerda passou a alienar, também, o centro, onde ainda podia aspirar a alguma popularidade.
Em três dias o PM mostrou a fragilidade política em que vive, ou a irrealidade do mundo que o rodeia, ao achar que uma grave crise de autoridade, em que resultou o drama da subida do petróleo, se esfumaria entre os feriados e os jogos da selecção nacional.
Sócrates foi o espelho de Guterres, na sua pior face e fase. Para que nos serve um Governo que não prevê, não actua, e faz de conta?
DD 16-06-2008 14:07:23

Bruxelas propõe cobrar por chamadas recebidas
A Comissão Europeia tem previsto propor que seja cobrado aos utilizadores as chamadas que recebem nos seus telemóveis, à semelhança do que sucede nos EUA, para baixar os preços finais das comunicações, segundo o porta-voz europeu da Sociedade da Informação, Martin Selmayr.
O objectivo é reduzir os preços das tarifas que as empresas telefónicas cobram a outros operadores pelo uso da sua rede.
O projecto faz parte de uma recomendação que Bruxelas tem previsto submeter a consulta pública antes do final do mês no âmbito do debate sobre um modelo de tarifas móveis que seja alternativo ao actual sistema, explicou o porta-voz.
No sistema alternativo, cada operador cobraria somente aos seus clientes e não teria que pagar a outros operadores de redes. Seria um modelo menos burocrático e que a longo prazo melhoraria a concorrência no mercado e reduziria os custos para o consumidor, acrescentou a mesma fonte.
DD 16-06-2008 14:18:49



David de Jesus Mourão-Ferreira (24 de Fevereiro de 1927 — 16 de Junho de 1996).

Escritor e poeta lisboeta. Licenciado em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 1951, onde mais tarde em 1957 foi professor, destacou-se como um dos grandes poetas contemporâneos do Século XX.
Mourão-Ferreira trabalhou para vários Jornais e Revistas, dos quais se destacam a Seara Nova e o Diário Popular, para além de ter sido um dos fundadores da revista Távola Redonda. Entre 1963 e 1973 foi secretário-geral da Sociedade Portuguesa de Autores. No pós-25 de Abril, foi director do jornal A Capital e director-adjunto do O Dia.
No governo, desempenhou o cargo de Secretário de Estado da Cultura (de 1976 a Janeiro de 1978, e em 1979).
Foi autor de alguns programas de televisão de que se destacam "Imagens da Poesia Europeia", para a RTP.
Em 1981 é condecorado com o grau de Grande Oficial da Ordem de Santiago da Espada. Em 1996 recebe o Prémio de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores e, no mesmo ano, recebe a Grã-Cruz da Ordem de Santiago da Espada.
Do primeiro casamento, com Maria Eulália, sobrinha de Valentim de Carvalho, teve dois filhos, David Carvalho e Adelaide Constança, que lhe deram 10 netos.


domingo, 15 de junho de 2008

em dia da raça e do tabaco...

Os nossos candidatos aos Pulitzer perguntaram, e as tv's repetiram á exaustão, o Dia da Raça de Cavaco - claro que eles nunca estudaram História - e o Apagão dos cigarros de Sócrates - claro que eles não sabem que Pinto de Sousa ainda mantém o hábito -.
Jornalices!
O que noticiaram foi tão pouco e tão vulgar que até me pareceu regressar ao Estado Novo!
Rei da Arábia Saudita quer baixar preço do petróleo
TSF 150608 11:32
O rei da Arábia Saudita considera que o preço do petróleo está anormalmente elevado. O monarca disse ao secretário-geral da ONU que está disposto a fazer tudo para que os valores do crude desçam.
...
De acordo com Ban Ki Moon, o preço do petróleo foi um dos assuntos -chave deste encontro entre o secretário-geral da ONU e o rei da arábia saudita, um dos maiores produtores mundiais de crude.

Reboques do sul voltam à estrada
15.06.2008 - 09h51 Lusa
Os rebocadores do Alentejo e Algarve decidiram este sábado voltar ao trabalho na segunda-feira, passando a cobrar os valores já propostos às companhias como base negocial, mas poderão ser os condutores segurados a ter que adiantar esse pagamento.

sábado, 14 de junho de 2008

Um dia incrivel !

1385: Batalha de Aljubarrota, entre tropas portuguesas comandadas por João I de Portugal e as castelhanas lideradas por João I de Castela. A vitória portuguesa garante a independência de Portugal e põe um ponto final na Crise de 1383-1385.
1415 - Os ingleses invadem a França, de onde não foram expulsos até 1450 (foi decisiva a participação de Joana D`Arc nas batalhas).
1433 – faleceu o Rei João I de Portugal fundador da Casa de Avis, vencedor de Aljubarrota
1498 - Cristóvão Colombo descobre, durante sua terceira viagem, a Ilha Margarita, no litoral venezuelano. A ilha é conhecida pelas pescarias de pérolas.
1502 - Na quarta e última viagem, Colombo desembarca nas Honduras (o nome Honduras deve-se à profundidade do mar próximo da costa).1556 - Os portugueses estabelecem-se definitivamente na China, próximo de Cantão onde fundam Macau.1880: Concluída a Catedral de Colónia.
1888 – nasceu Rosa Ramalho, barrista (m. 1977)
1900 - Em Pequim as tropas europeias são libertadas pelas forças do almirante Seymour, após um cerco de 55 dias, na chamada Guerra dos Boxers.
1901 - Os irmãos Wilbur e Orville Wright conseguem levantar um “aparelho” a doze metros e percorrer uma distância de 90 metros. É o inicio da aviação.
1914 - O Japão declara a guerra à Alemanha na Primeira Guerra Mundial. Será seu aliado na Segunda.
1917 - A China, declara guerra à Alemanha e aos seus aliados na Primeira Guerra Mundial .
1920 - Tropas polacas, comandadas pelo general francês Weigand, expulsam de Varsóvia o exército soviético dirigido por Tujacheski... será por pouco tempo!
1920 - Os sétimos Jogos Olímpicos começam em Antuérpia (Bélgica), após um intervalo de oito anos imposto pela Segunda Guerra Mundial.
1945 - O presidente dos EUA, Harry S. Truman anuncia a rendição incondicional do Japão na Segunda Guerra Mundial.1980: O Prémio Nobel da Paz Lech Walesa lidera uma greve em Gdańsk, na Polónia.
1982 - Tropas do Irão desencadeiam uma ofensiva contra o Iraque no primeiro dia do Ramadão.1988 - Morre Enzo Ferrari.

importante para "muitos"...


lei europeia sobre o repatriamento de imigrantes
14.06.2008 - 14h26 Lusa
Paulo Portas criticou que "a esquerda prometa mundos e fundos à imigração", explicando ser "mais contido, mais reservado nas entradas, mais exigente do ponto de vista da humanidade na sua integração".

"Não devemos, como faz a esquerda, prometer fronteiras abertas para toda a gente, em qualquer canto, se depois não temos capacidade para os integrar", frisou, lamentando que, em consequência disso, se vejam "imigrantes à volta dos caixotes do lixo a ver se têm alguma coisa para poder comer".
Neste âmbito, disse ser "muito prejudicial aos Estados fazerem política demagógica e promessas utópicas em relação à imigração", considerando ainda que Portugal "não deve aceitar a exploração de trabalho humano". Várias organizações europeias de direitos humanos e de apoio a imigrantes reunidas na plataforma "No Fortress Europe" estão a recolher assinaturas contra a futura lei europeia sobre o repatriamento de imigrantes em situação ilegal, que irá ser votada pelo Parlamento Europeu (PE).

"Não é aceitável uma política demagógica de abertura completa das fronteiras, entre quem quiser e em qualquer circunstância", afirmou aos jornalistas em Lamego, ao comentar a Directiva de Retorno, que pretende harmonizar a regulação das diferentes políticas de imigração dos 27 da União Europeia e conceder-lhes mais poder para poderem repatriar imigrantes ilegais.


agora vem a revisão das tabelas de preço 1
14.06.2008 - 16h14 PÚBLICO
Dezenas de veículos de reboque oriundos de vários pontos do país viajaram hoje até ao Algarve para se solidarizarem com o protesto das empresas do sector nas regiões do Alentejo e Algarve, paralisadas desde o início da semana para exigirem a revisão das tabelas de preço praticadas pelas seguradoras.Para esta tarde está prevista uma concentração em São Bartolomeu de Messines, que reunirá os rebocadores vindos do Norte e Centro do país com os 200 colegas da região que insistem na paralisação até obterem uma resposta positiva das empresas de assistência em viagem.
preparem-se para o aumento dos seguros automóvel...

Os tratados internacionais nunca deveriam ser objecto de referendo
TSF 140608 às 12:17
O Presidente da República defendeu, este sábado, que deverá ser o governo irlandês a propor «uma solução» para ultrapassar a «dificuldade» criada pelo chumbo ao Tratado de Lisboa no referendo de quinta-feira.
Reiterando que seja «um erro» os Estados-Membros referendarem tratados internacionais, o Chefe de Estado sublinhou que a existência de problemas internos ou governos impopulares, por exemplo, acaba sempre por se reflectir nos resultados dos referendos.
«Os tratados internacionais nunca deveriam ser objecto de referendo e tivemos agora a prova disso», acrescentou.
«O Governo irlandês tem que propor uma solução para ultrapassar esta dificuldade, que seja aceite pelos outros 26 estados-membros. O Tratado de Lisboa é demasiado importante para a Europa e para os seus cidadãos para que possa ser colocado na gaveta», considerou.


agora vem a revisão das tabelas de preço 2
Ana Jorge admite alterar ajudas do Estado aos bombeiros e...
TSF 140608 às 15:51
A ministra da Saúde admitiu, este sábado, alterar as ajudas do Estado aos bombeiros, mas nunca para o valor pretendido pelo sector, 60 cêntimos por quilómetro. Ana Jorge criticou ainda a «medida de pressão» dos bombeiros, que ameaçaram parar as ambulâncias.

... Sócrates garante que reformas na Saúde vão continuar
TSF 140608 às 16:32
Ao inaugurar a Unidade de Cuidados Continuados da Santa Casa da Misericórdia de Penela, o primeiro-ministro disse que «nada reformar e nada mudar é o maior erro que se pode cometer no SNS».
«Nem sempre temos sido bem entendidos porque todas as mudanças e todas as reformas têm obstáculos e incompreensões», acrescentou, frisando que «aqueles que acham que um SNS hoje, no século XXI, deve permanecer igual àquele SNS concebido há 20 anos estão enganados».


FC Porto nas malhas do ‘Furacão’ ?
CM 13 Junho 2008 - 21h30
O FC Porto está outra vez debaixo de fogo. As contas bancárias dos dirigentes, designadamente de Pinto da Costa, já estavam a ser escrutinadas para se verificar se havia branqueamento de capitais nas transferências dos jogadores. Agora é a vez de os elementos da Direcção Central de Combate à Criminalidade Económica e Financeira verificarem os documentos que foram no final do ano passado apreendidos na consultora Delloite, no âmbito da ‘Operação Furacão’, à procura do rasto do dinheiro que passou por contas offshore.
Mas afinal o que é que o FCP tem a ver com isto? Jornalismos!


se estrelló en las urnas
El Periódico de Cataluña 140608
El Tratado de Lisboa se estrelló en las urnas de Irlanda. La propuesta que debería desencallar la construcción de Europa fue ampliamente rechazada en el único de los 27 países de la Unión Europea (UE) que había dejado la ratificación en manos de los ciudadanos. El no se impuso en el referendo con un 53,4% de los votos, frente al 46,6% de los sufragios para el sí. La participación en la consulta fue del 53% y el sí solo venció en 8 de las 43 circunscripciones electorales del país. El desplante de los irlandeses, que cuanto más prósperos más euroescépticos se vuelven, bloquea nuevamente la reforma de las instituciones europeas.

El presidente del Gobierno irlandés, Brian Cowen, visiblemente avergonzado por el comportamiento de sus compatriotas, reconoció que el resultado de la consulta conduce a "una gran incertidumbre y a una situación compleja", que "no tiene una fácil solución". Cowen indicó que su Gobierno, que ha encabezado la campaña por el sí, se tomará el tiempo necesario para decidir cuál debe ser el siguiente paso, después de "hacer consultas en casa y entre los colegas europeos". El nuevo Tratado, ahora en el aire, debía entrar en vigor el 1 de enero del próximo.

EDITORIAL de El Periódico de Cataluña 140608
'La UE pierde en Irlanda'
La Unión Europea (UE), que de manera azarosa superó la parálisis derivada del rechazo del proyecto de Constitución por Francia y Holanda, en los referendos del 2005, se halla de nuevo sumida en una profunda crisis.

Cumpliendo los peores augurios, y siguiendo en parte la delirante campaña antieuropea de los periódicos del grupo de Murdoch, los irlandeses rechazaron el Tratado de Lisboa, que debe ser ratificado por los 27 estados miembros, e infligieron una severa derrota a unos líderes europeos que no supieron prever el desastre. Sin un plan B, que sin duda hubiera aleccionado y guiado a los electores, la UE es víctima de una incongruencia -otorgar a los tres millones de irlandeses un poder sin duda exorbitante sobre una cuestión que afecta a 490 millones de europeos-- y del avance imparable del euroescepticismo de la mano de la crisis económica que sacude todo el continente.Si añadimos la inercia de la eurocracia bruselense ante los problemas concretos, como la subida en flecha de los precios de los carburantes, no resulta difícil entender la reacción de los irlandeses ante una opción democrática que la clase política, consciente del riesgo, había hurtado a los demás europeos. Las consecuencias van más allá del retraso en el calendario. Arreciarán las presiones sobre el Gobierno británico, siempre vacilante en las cuestiones europeas, y sobre el Parlamento de Praga, el más proclive a seguir el camino irlandés.

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Sócrates ganhou o debate...diz a Manela


Porreiro pá!
O BE considera que o chumbo do Tratado de Lisboa põe em causa o primeiro-ministro. Já o PCP afirma que o documento é uma «fraude política»», enquanto o CDS-PP prefere destacar que a UE pode continuar a viver com as regras actuais. Por seu lado, o PS não entende a posição dos irlandeses. TSF 130608 Hoje às 18:30

Os irlandeses chumbaram em referendo o Tratado de Lisboa.

O “não” recolheu 53,4 por cento dos votos, o “sim” 46,6.

A taxa de afluência foi de pouco mais 53 por cento.


França e Alemanha lamentaram o resultado do referendo irlandês e apelam a que o processo de ratificação continue.
O primeiro-ministro da Eslovénia, que preside nesta altura à União Europeia, lembrou que o Tratado de Lisboa «é muito importante» para tornar a Europa mais eficaz, democrática e transparente.
Já o governo de Itália disse que este é um golpe grave para a construção europeia.

O Tratado de Lisboa já foi ratificado por 18 dos 27 países que compõem a UE, mas, entre aqueles cujo processo ainda não está concluído, contam-se alguns importantes estados europeus: Espanha, Inglaterra, Suécia, Itália, Bélgica, Holanda, Chipre e República Checa continuam à espera que os respectivos parlamentos se pronunciem, tendo o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, defendido a continuação do processo de ratificação, a despeito do “não” irlandês, hoje consumado.


QREN – também uma derrota pessoal?
Lisboa, 13 Jun 20h16m (Lusa) - O primeiro-ministro português, José Sócrates, considerou hoje como uma "derrota pessoal" o "não" irlandês ao Tratado de Lisboa mas defendeu que o processo de ratificação "deve continuar nos outros países".
"Este resultado provoca um profundo desapontamento a mim e a todos aqueles que lutam por uma Europa mais forte, que ultrapasse a crise institucional e se afirme no Mundo e de um sinal de confiança a sua economia e ao seu futuro", afirmou José Sócrates em declarações aos jornalistas, na Figueira da Foz.
"Com certeza é uma derrota pessoal para mim. É uma derrota para mim e para todos aqueles que se empenharam no Tratado de Lisboa e no projecto europeu. Todos [os líderes europeus] estarão tão desapontados quanto eu estou neste momento", acrescentou.
Falando à entrada de uma cerimónia de assinatura de contratos no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), o primeiro-ministro português sublinhou que o projecto europeu "precisa de avançar" e que o Tratado de Lisboa é "essencial para que avance".



palavras de ordem e apupos
Publico 13.06.2008 - 13h16
O primeiro-ministro, José Sócrates, foi recebido hoje, em Coimbra, com palavras de ordem e apupos de alguns manifestantes que o esperavam junto ao Instituto Pedro Nunes.

Meia centena de pessoas, entre sindicalistas e dirigentes da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), estavam concentrados à chegada da comitiva de José Sócrates, mas foram mantidos à distância por membros das equipas de Intervenção Rápida da PSP.

Uma delegação da CNA e associadas conseguiu, no entanto, entregar um "caderno de reclamações" a um assessor do primeiro-ministro.

Destacam-se no documento as queixas dos agricultores sobre o "alto preço dos combustíveis" e "reclamações específicas" para o sector.

Entre os manifestantes contavam-se ex-trabalhadores de duas fábricas de cerâmica, Estaco e Ceres, que encerraram nos últimos anos em Coimbra.

Enquanto esperava pela chegada de José Sócrates, o grupo entoou outras palavras de ordem: "O custo de vida aumenta, o povo não aguenta" e "Quem trabalha tem razão, o Governo é que não".

Fizeram-se representar na concentração a CNA e várias associadas: a União dos Sindicatos de Coimbra, o Sindicato dos Professores da Região Centro, o Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública e o Sindicato da Hotelaria do Centro.

José Sócrates, acompanhado do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, iniciou de imediato uma visita às instalações do Instituto Pedro Nunes, onde inaugura uma incubadora de empresas, a primeira de várias acções em que participou, esta manhã, na Universidade de Coimbra.

No âmbito do programa Governo Presente, hoje e amanhã no distrito de Coimbra, José Sócrates desloca-se ainda aos concelhos de Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Penela e Tábua.


Os agricultores são os senhores que se seguem nos protestos
Publico 13.06.2008
Não se vislumbra fim à vista nesta época de protestos atiçada pela escalada dos preços dos combustíveis. Depois dos pescadores e dos camionistas, os próximos poderão ser os agricultores, a partir de meados da próxima semana. Daqui a um mês, os taxistas prometem tomar o palco.

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Santo António...

.

imortantes no "PUBLICO"


"o Estado vulnerável"
O primeiro-ministro, José Sócrates, admitiu hoje, durante o debate quinzenal parlamentar dedicado ao tema dos combustíveis, que "em alguns momentos" da paralisação das empresas de transportes sentiu "o Estado vulnerável", garantindo que irão ser tomadas medidas para evitar que a situação se repita.

dos requisitos para os produtos que consomem energia
A Comissão Europeia prepara o alargamento do âmbito da directiva sobre ecodesign, que estabelece o quadro de referência dos requisitos para os produtos que consomem energia, a um conjunto de produtos substancialmente mais vasto do que o actual. A ideia é passar a abranger produtos que não consomem directamente mas têm impacto sobre o gasto de energia e passar a olhar também ao consumo de matérias-primas.

Portagens nas pontes vão manter-se inalteradas
Apesar da decisão desfavorável do Tribunal europeu de Justiça, o Governo pretende manter o valor actual das portagens cobradas nas pontes sobre o rio Tejo, garantiu o Ministério das Finanças.

apoios a camionistas não irão afectar contas públicas
O ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, garantiu hoje que as medidas negociadas com os transportadores rodoviários de mercadorias não terão consequências negativas do ponto de vista da despesa pública nem vão pesar no Orçamento de Estado

AutoEuropa suspende amanhã a produção por falta de peças
O conselho de gerência da fábrica de automóveis Autoeuropa, em Palmela, decidiu hoje suspender amanhã a produção de veículos, devido à falta de componentes, decorrente da paralisação dos camionistas em Espanha e França,

PCP lança “jornada nacional”
O PCP vai realizar, na próxima semana, uma jornada nacional de dois dias contra o aumento do custo de vida, que inclui um comício na sexta-feira, 20 de Junho, em Lisboa.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

crise combustíveis!


Decenas de heridos en enfrentamientos en Sevilla y Almería
En la capital andaluza, los heridos en la huelga por los carburantes son 13, todos leves salvo un agente grave, y hay cinco detenidos.- En Almería, son 21 y no hay arrestos.- En el resto de España se han registrado dos heridos en Alicante y otros dos en Tarragona
JAVIER MARTÍN ARROYO/ AGENCIAS - Sevilla / Madrid - 11/06/2008
Horas después de que el Ministerio del Interior
anunciara mano dura contra los transportistas, que llevan tres días bloqueando las carreteras en protesta por el precio de los carburantes, se han producido duros enfrentamientos en Sevilla y Almería entre policía y manifestantes. Al menos 13 personas, entre trabajadores y policías, han resultado heridas en la capital andaluza, todas leves salvo uno, un agente cuyo pronóstico es grave. En Almería se han registrado 21 heridos y no hay arrestos. Estos incidentes se suman a la primera muerte del conflicto, que se produjo ayer en Granada, lo que convierte a Andalucía en la región más conflictiva. En el resto de España se han registrado hoy dos heridos en Alicante, uno de ellos quemado grave, y otros dos en Tarragona. ELPAIS.com Miércoles, 11/6/2008

Rubalcaba garantiza el suministro de productos básicos y la circulación en las carreteras
El ministro advierte que la Policía actuará con contundencia y firmeza para mantener el orden público y el trabajo de quienes no secundan los paros. -Detenidos más de 51 piqueteros desde el lunes
ELSA GRANDA - Madrid - 11/06/2008
El ministro de Interior, Alfredo Pérez-Rubalcaba, ha asegurado hoy que las Fuerzas y Cuerpos de Seguridad del Estado actuarán "con contundencia y firmeza" y "dentro de la ley" para garantizar la libre circulación en las carreteras y la distribución de los principales productos básicos cuando se cumplen tres días del inicio de la huelga de transportistas autónomos contra el alza del gasóleo. Ante los múltiples problemas de tráfico y la amenaza de desabastecimiento en los puntos de venta al público, Rubalcaba ha destacado que ya no hay ninguna carretera cortada, aunque todavía se dan algunas incidencias.

El Gobierno garantiza "máxima firmeza" con los piquetes de transportistas
"El paro es un derecho constitucional, pero perjudicar la vida de los ciudadanos no lo es", manifiesta el ministro Rubalcaba
El Periodico de Catalunya 110508
Un camión choca contra un coche y hiere a dos miembros de un piquete en Tarragona
La industria automovilística española parará mañana al completo a causa de la huelga de transportistas
El paro sigue tras rechazar los convocantes la propuesta del Ejecutivo
FORO: La protesta de los transportistas


Grève des routiers : l'Espagne et le Portugal menacés de pénuries
Les principaux marchés de gros de la péninsule ne sont quasiment plus approvisionnés en produits frais. Mais c'est surtout l'industrie automobile, qui n'est plus livrée en pièces détachées, qui est affectée par le mouvement des routiers.
Le Monde 110608
Le gouvernement espagnol a haussé le ton, mercredi 11 juin, contre les routiers en grève. Le ministre de l'intérieur, Alfredo Perez Rubalcaba, a averti que les routiers se livrant à des blocages illégaux ou à des actions violentes se verraient infliger des amendes ou seraient arrêtés. Le ministre de l'intérieur a également promis que la police garantirait "avec tous les efforts nécessaires" la livraison des produits de première nécessité, comme le carburant, la nourriture ou les médicaments, et a invité les transporteurs non grévistes à solliciter des escortes policières.
La grève des routiers dans la péninsule ibérique provoque en effet des pénuries. Au Portugal, le ravitaillement en carburant des avions a été suspendu à l'aéroport de Lisbonne, à l'exception des vols prioritaires, alors que des livraisons de carburant sous escorte policière ont eu lieu dans la région de Lisbonne et dans le nord-est de l'Espagne.

crise combustíveis!

crise combustíveis
Lusa quarta-feira 11 de Junho
16:09 - Crise/Combustíveis: Água e produtos frescos faltam nos hipermercados do Alentejo
16:07 - Crise/Combustíveis: Industriais de Lacticínios alertam que produtos podem faltar no mercado
15:57 - Crise/Combustíveis: Governo de Madrid aplica medidas de apoio a "curto e longo prazo" - greve continua
15:56 - AR: Governo escolhe combustíveis para tema do debate quinzenal com primeiro-ministro
15:50 - Crise/Combustíveis: Paralisação sem impacto macroeconómico se se prolongar por pouco tempo
15:16 - Crise/Alimentos: Alta de preços deve manter-se nos próximos "três a quatro anos"-Banco Mundial
15:16 - Crise/Combustíveis: Silvino Lopes participa na reunião da ANTRAM com ministro Mário Lino
15:09 - Crise/Combustíveis: MAI garante actividade dos Bombeiros e das forças de segurança

CDS desafia Governo a discutir crise combustíveis
TSF
O CDS-PP desafia o primeiro-ministro a escolher como tema do debate parlamentar de amanhã, a crise social em curso em Portugal por causa do aumento dos combustíveis. Diogo Feio diz que a crise avança e o Governo está «paralisado».

Governo aceita discutir combustíveis no debate quinzenal
TSF
O Governo aceitou discutir a crise dos combustíveis como tema do debate quinzenal de quinta-feira com o primeiro-ministro no Parlamento, como tinha sido sugerido pelo CDS-PP, disse à Lusa fonte do gabinete do ministro dos Assuntos Parlamentares.

Governo escolhe combustíveis para tema do debate quinzenal parlamentar
Publico 11.06.2008 - 16h36 Lusa
O Governo escolheu os combustíveis como tema do debate quinzenal de amanhã com o primeiro-ministro na Assembleia da República, anunciou o gabinete do ministro dos Assuntos Parlamentares.

Combustíveis: Antram e Governo chegam a acordo
A Associação Nacional dos Transportes Rodoviários de Mercadorias (Antram) e Governo chegaram esta tarde a acordo sobre medidas de apoio ao sector para compensar o aumento dos preços dos combustíveis.
"Reunião positiva" entre representantes de camionistas e Governo
Bens de primeira necessidade começam a faltar no comércio alentejano
Transportes públicos de Lisboa e Porto têm combustível, Coimbra só tem gasóleo até amanhã
Gasóleo e gasolina começam a escassear na região Centro e Algarve


Oposição acusa Governo de ter "fechado os olhos" à realidade nos combustíveis
A oposição acusou hoje o Governo de José Sócrates de ter "fechado os olhos" à realidade na questão do aumento do preço dos combustíveis, exigindo ao Executivo medidas para responder à crise dos produtos petrolíferos e aos protestos do sector dos transportes de mercadoria, que está a afectar grande parte do país.
PS quer ouvir no Parlamento a ANAREC, petrolíferas e gasolineiras
Governo escolhe combustíveis para tema do debate quinzenal parlamentar
CDS-PP quer que Sócrates escolha crise dos combustíveis para debate no Parlamento

Combustíveis: Antram e Governo chegam a acordo
PÚBLICO 11.06.2008 - 19h15
Apoios negociados ainda não são conhecidos
A Associação Nacional dos Transportes Rodoviários de Mercadorias (Antram) e Governo chegaram esta tarde a acordo sobre medidas de apoio ao sector para compensar o aumento dos preços dos combustíveis.
Desconhece-se ainda se os organizadores da paralisação de camionistas vão aceitar o acordo alcançado esta tarde, após seis horas de negociações no Ministério dos Transportes. Ao início da tarde, representantes da comissão organizadora do protesto abandonaram o edifício, anunciando que iriam comunicar aos piquetes de greve a proposta de Governo, remetendo uma decisão para as próximas horas.

terça-feira, 10 de junho de 2008

Crise-Combustiveis

Crise-Combustiveis
Empresas de camiões retidos em Espanha e França ponderam resgatar condutores
Paralisação vai continuar - porta-voz das empresas
Piquete de camionistas espanhóis em greve chegou à fronteira de Vilar Formoso
ANTRAM lamenta morte de camionista em Alcanena e reitera apelo ao bom senso
Núcleo de Camionistas do Minho pede reunião "urgente" com ministro Mário Lino
Forças de Segurança reforçam meios operacionais nos acessos a Lisboa

Elemento de piquete em Granada morre também por atropelamento
Um elemento de um piquete de camionistas em Granada foi hoje também atropelado mortalmente junto do principal mercado abastecedor da cidade espanhola, segundo informaram os serviços de emergência.

Los transportistas dejan la negociación tras morir un 'piquetero'
El Pais 10Jun08
El Gobierno y la CNTC llegan a un acuerdo pero seguirán los paros al no contar con el apoyo de los convocantes, que abandonaron la reunión tras conocerse la muerte del manifestante
La huelga de funcionarios y ferrocarriles de Francia transcurre con poco seguimiento
La huelga comienza a vaciar los mercados
Los piquetes reducen a mínimos la actividad en los principales mercados

EL BLOQUEO DE CARRETERAS SE INTENSIFICA
El Periódico de Catalunia 100608
El paro se impone y escapa al control
El atropello mortal del miembro de un piquete en Granada fuerza la suspensión de las negociaciones hasta hoy
Colas de 11 km en BCN por las marchas lentas de camiones

El miedo a la falta de alimentos vacía las estanterías de algunos súper
La normalidad en las gasolineras tardará días en recuperarse
La protesta paraliza la industria del automóvil por falta de piezas
El Gobierno propone una ley que vincule las tarifas y el combustible
EDITORIAL: 'El paro se extiende'
Los taxistas se suman con un paro de ocho horas el viernes

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Combustiveis !



Los camioneros dialogan con el Gobierno mientras siguen con su desafío en las carreteras
ELPAÍS.com/AGENCIAS - Madrid - 09/06/2008
Las protestas de los transportistas por el alza del gasóleo colapsan los accesos a las ciudades. -La primera jornada de huelga reduce la actividad en los mercados de abastos mientras aumentan los problemas de suministro en las gasolineras
La reunión del Comité Nacional del Transporte por Carretera, en la que participan representantes del Ministerio de Fomento y de organizaciones patronales del sector, han reanudado esta tarde el encuentro que mantienen hoy para analizar los paros y protestas que protagonizan los transportistas.
Bloqueos en las carreteras
El paro indefinido convocado desde la medianoche de hoy por los transportistas por carretera para protestas por la subida del gasóleo ha complicado la circulación en los accesos a las grandes ciudades, donde las marchas de camioneros han provocado grandes retenciones en las circunvalaciones de Madrid, Barcelona y Valencia, así como se han producido largas colas en las fronteras de La Junquera o Irún con Francia, donde se ha bloqueado el paso de los convoys.

Les routiers se mobilisent dans le Sud-Ouest de la France
lefigaro.fr, avec AFP 09/06/2008 Mise à jour : 17:54
Camionneurs français et espagnols ont bloqué ensemble plusieurs points de passage de la frontière franco-espagnole. Les routiers ont également mené des opérations escargot autour de Bordeaux.
Le trafic en direct
La colère des routiers contre la flambée du gazole, qui se répand en Europe, a résonné lundi dans tout le Sud-ouest de l'Hexagone. A l'appel de l'Organisation des transporteurs routiers européens (OTRE), qui réclame inlassablement depuis le début du mouvement un gazole à 98 centimes le litre et l'étalement des charges et la sauvegarde de la résidence principale des chefs d'entreprise de transports en cas de liquidation, les camionneurs ont ciblé leurs efforts sur Bordeaux. 200 poids lourds ont provoqué une trentaine de kilomètres de bouchons aux abords de l'agglomération bordelaise. Les routiers, après un pique nique aux portes de la ville, se sont retrouvés en début d'après-midi à la cité administrative de Bordeaux avant que leur délégation ne soit reçue en préfecture.Vers 16H00, alors que les manifestants se dispersaient, une autre opération escargot était en cours sur la rocade bordelaise, conduite par une vingtaine de camions de l'Unostra (Union nationale des organisations syndicales des transporteurs routiers automobiles).

Combustíveis

Centenas de camiões parados por todo o país
TSF 090608 às 13:40
Um grupo de transportadores está a bloquear a saída de camiões do terminal TIR da Perafita, em Matosinhos, esperando-se também que o bloqueio se estenda ao terminal de Leixões.
Entretanto, o Governo e a Associação Nacional dos Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) reúnem-se, esta segunda-feira, às 16:00.
A reunião tem como objectivo «encontrar soluções que minimizem o impacto dos aumentos dos preços dos combustíveis» no sector.


Camionistas contra o aumento dos combustíveis
TSF 090608 às 14:30
Camionistas espanhóis iniciaram uma greve sem fim marcado e bloquearam algumas das principais estradas de Madrid em protesto por causa do aumento do preço dos combustíveis. Camionistas portugueses estão também em greve e começam a surgir os primeiros sinais de adesão francesa.

Bloqueios e longas filas nas fronteiras, portos e estradas de Espanha
TSF 090608 15:25
Centenas de camiões estão a participar em piquetes ou em marchas lentas como forma de protesto contra o aumento dos combustíveis e contra o facto dos preços mínimos de transporte, definidos por lei, não serem aplicados.
Para já apenas uma pequena parte das associações do sector aderiu à paralisação, que abrange sobretudo as pequenas e médias empresas de transporte e os transportadores autónomos.
Ainda assim a presença dos camiões em pontos vitais está a condicionar o movimento de outros transportadores.


Dezenas de camionistas bloqueiam acessos ao Porto de Leixões
TSF 090608 15:50
Entre 30 a 40 camiões estão a bloquear o acesso ao Porto de Leixões para a zona das cargas e para a área de serviço.
Em Matosinhos, o terminal dos camiões TIR está também bloqueado.
Em Braga, uma centena de camionistas está a preparar-se para mais um protesto.
Cerca de 80 camiões estão também parados desde hoje de manhã em Penafiel, estando os camionistas a impedir o acesso de pesados à ponte Duarte Pacheco, em Entre-os-Rios.

Piquetes de camionistas ameaçam veículos que não param nas estradas
PÚBLICO 09.06.2008 - 16h50 Lusa
O protesto de hoje dos camionistas não tem recebido o apoio generalizado da classe e muitos dos veículos pesados são obrigados a parar junto às bermas das estradas e no interior das empresas contra a vontade dos seus motoristas.
Ao longo do dia, a SIC Notícias e a Lusa têm reportado situações de alguma violência contra os motoristas que não pretendem aderir ao protesto e parar os seus veículos, em sinal de apoio contra o agravamento do preço dos combustíveis. Estes condutores sustentam que têm medo em prosseguir viagem e, no caminho, serem apedrejados pelos colegas que se encontram nas bermas de muitas estradas nacionais.

Camiões apedrejados em Leiria
Lusa/SOL 090608 18.00
Pelo menos dois pesados de mercadorias foram hoje apedrejados por desconhecidos junto ao cruzamento do IC2 com a Estrada Nacional 109, em Leiria, disse à Lusa fonte dos bombeiros
A mesma fonte frisou que os bombeiros foram chamados ao local para assistir o motorista de um dos veículos envolvidos no incidente, que se sentiu mal, mas o homem não necessitou de receber tratamento hospitalar, seguindo viagem.
Contactada pela Lusa, fonte da PSP de Leiria, disse desconhecer qualquer ocorrência no local.
Então onde é que foram buscar a noticia?

importantes... em fim semana louco

D. Manuel da Silva Martins diz que Portugal está «mal disposto»
TSF 080608 às 21:52
D. Manuel da Silva Martins disse, este domingo, que Portugal está marcado pela fome, principalmente junto dos idosos, e que o país está «mal disposto». O primeiro bispo de Setúbal criticou ainda a revisão do Código de Trabalho
TVI com maior audiência de sempre
08.06.2008 - 18h02 Lusa
A TVI obteve, no dia 7 de Junho, a maior audiência diária nos seus 15 anos de emissões em Portugal. Com 50,3 por cento de share no dia, a TVI atraiu o maior número de espectadores ao longo de toda a emissão, quase toda ela dedicada ao arranque do Campeonato da Europa, que teve lugar na Suiça.
...
A selecção portuguesa até os feriados muda
08.06.2008 - 21h04 Jorge Miguel Matias, em Neuchatel
Juntou-se o útil ao agradável e os portugueses emigrados na Suíça, especialmente os que vivem na zona de Neuchatel, anteciparam dois dias a comemoração do Dia de Portugal. A presença da selecção na cidade, a realização de um treino à porta aberta e a festa que, na véspera, a vitória contra a Turquia proporcionara à comunidade portuguesa fez com que o 10 de Junho fosse festejado a 8.

Rendo-me e reconheço: Tal qual aquando do Estado Novo esta malta vira-se para os 3 F’s.
Que raio de povo é este que, em crise, enterra a cabeça no chão... e assim apenas mostra o traseiro!


Governo pede atitude “responsável” aos empresários dos transportes

08.06.2008 - 19h00 Lusa
O Governo pediu hoje aos empresários do sector dos transportes que mantenham "uma posição responsável e propiciadora do normal prosseguimento das negociações" que decorrem com a Associação Nacional de Transportes Públicos Rodoviários de Passageiros (Antram) relativa ao preço dos combustíveis.
Este apelo do Governo surge após as tomadas de posição, registadas nos últimos dias, por parte de alguns empresários do sector dos transportes de mercadorias, no sentido de provocarem uma paralisação do sector, prevista para amanhã.

Sindicatos querem que motoristas denunciem empresas que os impeçam de trabalhar amanhã
08.06.2008 - 10h52 Lusa
O presidente de Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações(FECTRANS) apelou hoje aos motoristas que denunciem as empresas de camionagem que os impeçam de trabalhar no âmbito da paralisação marcada para amanhã, que classifica de inconstitucional.
"Não é possível os patrões fazerem greve, é uma violação à Constituição da República e uma negação do direito ao trabalho que os motoristas devem denunciar", disse Vítor Pereira à agência Lusa.
Ontem, a maioria das cerca de um milhar de empresas transportadoras reunidas na Batalha aprovou uma paralisação nacional a partir de amanhã, mesmo sem a concordância da Associação Nacional de Transportadores Rodoviários Públicos de Mercadorias (ANTRAM).


Antram demarca-se de paralisação nacional e mantém negociações com o Governo
07.06.2008 - 21h17 Lusa
A Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram) demarcou-se hoje da paralisação nacional de transportadores que começa na segunda-feira por pretender manter negociações com o Governo durante a próxima semana.
A Antram "considera que segunda-feira será um dia de trabalho normal", afirma a associação, em comunicado, poucas horas depois do final do encontro desta estrutura que reuniu na Batalha cerca de mil transportadores. A maioria dos presentes na reunião aprovou uma paralisação nacional a partir de dia 9, com piquetes de greve, posição que não mereceu a concordância da direcção da Antram, que irá reunir-se ainda esta noite para debater as consequências desta decisão.
... está, tudo ao contrário!
O Executivo quer que respeitem a Antram!
Os Sindicatos querem que motoristas denunciem empresas!
A Antram demarca-se de paralisação nacional!
A TVI ganha em audiências!
O Prof Marcelo está de acordo com a Antram!
O Manel alegra-se com focloricos canhotos!
O Jamé alinha ao lado dos patrões que desalinham com os seus associados !
O Bispo outrora vermelho acha-nos mal dispostos!
Etc., Etc., Etc.

O pais está louco...

domingo, 8 de junho de 2008

tratado Lula-Socrates...

Is there a difference between American and British English?

Unfortunately the answer to this question is yes.
There are many differences between British and American English, pronunciation, spelling and grammar are just a few.
In fact English is the first language in many countries and there are differences between them all, these include; Australia, Canada, Ireland, Jamaica, New Zealand, South Africa and the USA.
As one of my favourite writers said "We have everything in common with America nowadays, except, of course, language." (Oscar Wilde, 1887, The Canterville Ghost).
Porque raio é que posso dizer isto do Inglês e não posso escrever o similar sobre o português

sábado, 7 de junho de 2008

efemérides!


1494

Portugal e a Espanha assinam o Tratado de Tordesilhas, dividindo entre si o Novo Mundo

importantes...para além do futebol



Rodriguez Zapatero pede prudência nos comentários
Lisboa, 07 Jun (Lusa) - O primeiro-ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, pediu hoje publicamente ao presidente do Banco Central Europeu para que seja mais "prudente" nos comentários sobre a situação económica.
O apelo de Zapatero, em conferência de imprensa em Madrid, surge depois de o preço do petróleo ter registado a maior subida diária de sempre na sexta-feira, em parte por Jean Claude Trichet ter dito que é provável uma nova subida das taxas de juro da zona euro no próximo mês, o que se traduziu numa valorização da moeda europeia em relação ao dólar, divisa em que é cotado o "ouro negro".
"Eu recomendaria ao senhor Trichet mais prudência em suas declarações", disse hoje Rodriguez Zapatero.
"Todos respeitamos a independência do Banco Central Europeu, mas todos esperamos responsabilidade do Banco Central Europeu", adiantou.
Trichet afirmou quarta-feira que na próxima reunião do BCE, agendada para 3 de Julho, é "possível, mas não certa" uma nova subida das taxas de juro para conter as pressões inflacionistas.




Camionistas paralisam a partir de segunda-feira
A forte adesão dos camionistas ao encontro nacional da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) obrigou à alteração do local da concentração, agendada para discutir os problemas do sector.
Para a reunião, convocada para debater o elevado preço dos combustíveis, entre outras matérias, estavam previstos 300 empresários e camionistas de todo o País, mas esse número quase triplicou.
A falta de condições da sala reservada da Expo-salão da Batalha, com capacidade para 300 pessoas, motivou vários protestos dos presentes que obrigaram a direcção da ANTRAM a improvisar e a levar os participantes para uma outra sala de maiores dimensões.
A maioria dos mais de mil camionistas reunidos hoje na Batalha aprovou a paralisação do sector a partir de segunda-feira.
A Direcção da ANTRAM votou vencida e afirma que vai continuar a negociar com o Governo.
A reunião foi convocada para debater o elevado preço dos combustíveis, entre outras matérias, estavam previstos 300 empresários e camionistas de todo o País, mas esse número triplicou, estando presentes no encontro mais de mil profissionais.
Expresso 07Jun08

sexta-feira, 6 de junho de 2008


3ª Moção de Censura
No dia em que milhares de portugueses saíram à rua em protesto contra as políticas governamentais, o Governo de José Sócrates enfrentou na Assembleia da República a terceira moção de censura, que mais uma vez foi chumbada pela maioria socialista.
"Só por engano voltará a ter maioria absoluta", avisou Paulo Portas, que criticou Sócrates por não agir perante a crise em que o País se encontra. A moção de censura do CDS teve como objectivo mostrar os "falhanços" do Governo, com o aumento dos preços dos combustíveis a marcar o debate. "Não lhe vou pedir que diga qualquer coisa de esquerda, mas que sobre a crise dos combustíveis diga qualquer coisa ao País", atirou Ana Drago, do BE.
Na resposta à moção do CDS, Sócrates afirmou que "o que merece censura é a irresponsabilidade política e a demagogia". Portas desafiou ainda o primeiro-ministro a revelar se será candidato, mas Sócrates deixou-o sem resposta. CM 06 Junho 2008 - 00h30

Duzentos mil contra!
Duzentos mil trabalhadores manifestaram-se ontem em Lisboa contra a revisão do Código do Trabalho, numa iniciativa convocada pela CGTP. A estrutura sindical exige que José Sócrates altere as propostas do Código do Trabalho e as suas políticas sociais.
Por entre palavras de ordem como "reformados e mal pagos"ou"contra a precariedade no trabalho", 200 mil manifestantes, segundo a PSP, ou mais de 250 mil de acordo com a CGTP, percorreram a avenida da Liberdade criticando o que classificam como" a pior ofensiva do Governo contra os trabalhadores".
A manifestação nacional integrou trabalhadores do sector privado e da Função Pública que desfilaram lado a lado. Este números igualam o maior protesto da central sindical, organizado a 18 de Outubro, contra o aumento do desemprego. CM 06 Junho 2008 - 00h30

O choradinho vai começar!


Moção da rua teve mais de 200 mil pessoas
Sócrates viveu ontem um dia negro: 200 mil saíram à rua para protestar contra o Código Laboral, no Parlamento, foi censurado pela terceira vez e, já à noite, ouviu Alegre admitir que pode deixar o PS. DN Sexta, 6 de Junho de 2008

Marcha lenta no Porto reuniu 350 camiões
O último camião participante no protesto contra o aumento dos combustíveis entrou na Via de Cintura Interna do Porto às 20:34, quando a frente do protesto se encontrava junto ao Viaduto do Amial. JN Sexta, 6 de Junho de 2008

Buzinão deverá reunir mais de 500 camiões este sábado
Mais de 500 camionistas deverão participar, este sábado, entre Ponte de Lima e Viana do Castelo, num buzinão de protesto contra o aumento do preço dos combustíveis, disse à Lusa fonte da organização. JN Sexta, 6 de Junho de 2008

O choradinho vai começar!
O caminho para as legislativas de 2009 será a dramatização. Governar sem maioria absoluta é o cenário que José Sócrates quer evitar a todo o custo

Perante as críticas de Manuel Alegre, a contestação do BE e as manifestações do PCP, Sócrates insiste em não ceder e, quando chegar às eleições legislativas, o discurso vai ser o de esticar a corda e dizer que o país será ingovernável sem maioria absoluta. Helena Pereira in Sol 6a-feira, 6 Junho 2008

quinta-feira, 5 de junho de 2008

importantes na estranja... e sem futebóis!

El Pais jueves 5 de junio
Muere Mel Ferrer
El actor y director fue el primer marido de Audrey Hepburn, con la que estuvo casado entre 1954 y 1968
EE UU exige a China la liberación de los presos de Tiananmen
Washington denuncia que aún están en prisión entre 50 y 200 personas.- Entre 400 y 2.000 personas murieron en las protestas
130 detenidos siguen en prisión 19 años después

Zimbabue libera al líder opositor tras ocho horas de detención
Morgan Tsvangirai iniciaba la campaña electoral de la segunda vuelta de las presidenciales.- Ganó en la primera vuelta contra Robert Mugabe
Los pescadores bloquean Bruselas
El colectivo exige a la Unión Europea medidas para paliar el encarecimiento del gasóleo
Dos explosiones dejan al menos tres muertos en Argel
Según la agencia oficial argelina, un terrorista intentó entrar en el cuartel de la Guardia Republicana e hizo explotar un cinturón explosivo.- Hay cinco heridos
Gorbachov aboga por sepultar a Lenin y crear un museo para las víctimas de Stalin
La momia de Lenin ha permanecido desde el 1 de agosto de 1924 en un mauselo en Moscú, a excepción de 1.360 días durante la II Guerra Mundial, cuando fue evacuada a Siberia

le figaro.
Alerte nucléaire européenne déclenchée
La Commisssion européenne a déclenché le système d'alerte européen sur les risques radioactifs après un incident dans la centrale nucléaire de Krsko, en Slovénie, qui est en cours de mise à l'arrêt.
Abbas appelle au dialogue avec le Hamas
Le président palestinien Mahmoud Abbas a appelé à un "dialogue national" en vue d'une réconciliation entre le Fatah, son parti, et les islamistes du Hamas au pouvoir dans la bande de Gaza.
Le Hamas critique le discours d'Obama
Les islamistes palestiniens du Hamas ont dénoncé le discours prononcé aujourd'hui par le candidat démocrate à la présidence américaine Barack Obama en estimant qu'il exprimait "l'hostilité" américaine envers les Arabes et les musulmans.
Le Hamas dénonce "l'hostilité" d'Obama
Les islamistes palestiniens du Hamas ont dénoncé le discours prononcé mercredi par le candidat démocrate à la présidence américaine Barack Obama en estimant qu'il exprimait "l'hostilité" américaine envers les Arabes et les musulmans.
Loi antitabac : déjà 342 verbalisations
Trois cents quarante deux personnes, fumeurs, exploitants de bars ou restaurateurs, ont été verbalisées à Paris depuis l'entrée en vigueur de la loi antitabac dans les bars et restaurants, a-t-on appris aujourd'hui lors d'une réunion à la préfecture de police
Zimbabwe : attaque contre l'oppostion
Des hommes armés ont ouvert le feu sur un local de l'opposition au Zimbabwe, dans le district de Zaka (sud), faisant trois morts, a déclaré le porte-parole du Mouvement pour le changement démocratique (MDC).
Zimbabwe : 3 ONG suspendues
Le Zimbabwe a ordonné à trois ONG internationales -- Save The Children UK, Care International et Adra -- de mettre un terme à tout ou partie de leurs opérations dans le pays, a indiqué le directeur de l'Association nationale des ONG.
Zimbabwe/Tsvangirai arreté:"inquiétant"
Les Etats-Unis ont qualifié aujourd'hui de "profondément inquiétante" l'arrestation par la police zimbawéenne du chef de l'opposition, Morgan Tsvangirai, qui affrontera le chef de l'Etat Robert Mugabe lors du second tour de l'élection présidentielle, le 27 juin.
Obama embauche Caroline Kennedy
Caroline Kennedy, la fille du président assassiné, fait partie d'un trio chargé d'aider Barack Obama à choisir son colistier pour la présidentielle américaine de novembre, a indiqué le porte-parole du candidat démocrate.
Bush et Olmert dénoncent l'Iran
Le président George W. Bush et le Premier ministre israélien Ehud Olmert ont tous deux jugé que l'Iran représentait une "menace" pour la paix à laquelle il fallait faire face.
Fin de la grève des pêcheurs au Portugal
Les principaux syndicats et associations de pêcheurs portugais, ont annoncé ce soir mettre un terme à leur mouvement de grève observé depuis vendredi, mais ont précisé qu'ils souhaitaient poursuivre les négociations.

Washington post June 4, 2008
Bush Meets With Olmert, Warns Again About Iran
President Bush, heading into Oval Office talks with Israeli prime minister Ehud Olmert about
Iran's nuclear program, today warned against taking the threat posed by Tehran too lightly.
Clinton Backer Says She's Ready for VP Slot
The Trail Clinton authorizes her supporters to encourage Obama to pick her if it will help unify party, says Clinton confidant Robert Johnson.

NYTimesWednesday, June 4, 2008
Clinton Will Suspend Campaign and Endorse Obama on Friday, According to a Senior Adviser
Top Democrats Press for Unity After Obama Secures Victory
By MICHAEL LUO 20 minutes ago
Party leaders began to coalesce behind Senator Barack Obama even as questions swirled about Senator Hillary Rodham Clinton’s next move.
Obama Speaks to Pro-Israel Group
By MICHAEL POWELL 3:09 PM ET
Barack Obama endorsed a two-state, Israel-Palestine settlement, and took a poke at President Bush.